Conheça os November Nine de 2014: Bruno Foster

Por: 10/11/2014

Bruno Foster leva a esperança de um país inteiro na mesa final do Main Event da WSOP.

Bruno ficou conhecido lá fora como Bruno Politano. Aqui, ele é o Bruno Foster, ou simplesmente Fostera. Mas não importa como seja chamado, ele é o Brasil na WSOP.

Se ele tem o menor stack da mesa final, com 12.125.000 fichas, o rail brasileiro será responsável por fazer esse stack parecer gigante.

Bruno Foster

TORCIDA

“O apoio da torcida lá foi essencial, principalmente nos momentos em que perdi certas mãos. Eu olhava para o lado e via a torcida gritando, pulando, os caras inventaram música, me diverti muito. A galera do Brasil também mandou muita energia positiva, e eu acredito muito nisso”, disse ele em uma entrevista ao MaisEV.

E em novembro será uma torcida ainda maior. Serão pelo menos 200 brasileiros conferindo a ação de perto, e a mídia estrangeira já elegeu o rail brasileiro como o melhor. “Será o primeiro evento misto de samba e poker da história graças a torcida de Bruno”, brincou o editor europeu do site pokernews.

CARREIRA E RESULTADOS

Bruno conheceu o poker há 10 anos, através de amigos. E embora não se considere um profissional, seus resultados pelo menos o colocam entre a elite dos amadores. São mais de US$ 300 mil em prêmios online e conquistas marcantes no circuito ao vivo.

Em 2011, ele chegou à mesa final do Main Event do LAPT São Paulo, e puxou R$ 45 mil com a oitava posição.

Em 2013, o maior prêmio da carreira veio com o terceiro lugar no BSOP Florianópolis, que valeu R$ 105.000.

Já em 2014, a boa performance no Evento 39 ($3.000 NLH) da WSOP seria o prenúncio do que estaria por vir. A 17ª posição valeu US$ 20 mil, e dias depois ele chegou ao November Nine.

Em sua preparação ao November Nine, Bruno jogou torneios na Europa e Austrália, e foi lá na terra dos cangurus que ele demonstrou mais um pouco de sua técnica, ao fazer a mesa final do evento 7 ($1.900 NLH 6-Max) ao lado do ícone do poker Phil Hellmuth.

“Joguei muitas horas com o Phil Hellmuth, e isso me ajudou muito. Ganhei experiência porque o Hellmuth tá acima dos outros, sabe tudo que está fazendo, é um monstro”, contou ele recentemente ao MaisEV. Além da experiência, Bruno saiu com US$ 17 mil a mais no bolso.

Foram quatro longos meses de preparação, e além das fichas, Bruno tem consigo a energia de milhares de brasileiros que só conseguem pensar no bracelete.

 

Conheça os November Nine de 2014: Jorryt van Hoof

Conheça os November Nine de 2014: Mark Newhouse

Conheça os November Nine de 2014: Andoni Larrabe

Conheça os November Nine de 2014: Dan Sindelar

Conheça os November Nine de 2014: Billy Pappas

Conheça os November Nine de 2014: William Tonking

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

A Loja MaisEV oferece os melhores acessórios de poker, confira!


Veja mais:

Salas de Poker