Como Configurar e Interpretar o Holdem Manager Para Sit and Go

Por: 11/03/2013

Justamente porque em SNG turbo, as ações na maioria das vezes vão se resumir a Pré-Flop. Primeiro porque os blinds sobem a cada 5 minutos, e seu stack é de apenas 1500 fichas. E segundo porque nós vamos jogar de uma maneira bem tight nos estágios iniciais.

Para SNG turbo, o que utilizo é: VPIP / PFR / STEAL / % 3-BET / Total Hands.

Uma ferramenta interessante é configurar o HUD para definir cores nas estatísticas… Isso te ajuda muito a definir se o vilão é Tight Agressivo, Loose Agressivo, Tight Passivo ou Loose Passivo, se o cara tem uma alta taxa de 3-bet, ou steal… Essa configuração ajuda principalmente se você estiver jogando muitas telas. Segue a maneira com que interpreto as stats e configuro o HUD:

VPIP:

Holdem Manager

O conceito de VPIP consiste na % de vezes que o vilão se envolve, voluntariamente, no pré-flop. Seja agressivando, ou de forma passiva. Então o vilão que entra de limp, completa limp. Entra de open raise ou dá flat call em um raise, ou 3-bet, entra no VPIP. Porque todos esses exemplos consistem na ação voluntária, ou seja, investimento em fichas, no pré flop.

Considero que, até 15% de VPIP, o jogador é tight! Um vilão sólido, que não costuma se envolver muito PF, principalmente de posições iniciais e médias. Por isso gosto da cor vermelha pra me dizer que o cara “não está pra brincadeira” 

De 15 a 30%, já considero o cara com um range um pouco mais amplo PF! Por isso o laranja.

30%+ já considero o vilão bem loose…E normalmente jogadores com VPIP bem altos são ruins, jogadores de pagam com muitas mãos, ou entram de limp! Gosto da cor verde.

Para se definir se o vilão é Loose Agressivo, Loose Passivo, Tight Agressivo ou Tight Passivo é necessária uma correlação entre VPIP e PFR (Pré Flop raise). E falaremos a seguir.

PFR:

Holdem Manager

O conceito de Pré-Flop Raise consiste na ação voluntária do vilão Pré-Flop. A diferença, é que nesta stat, considera-se somente as vezes que o vilão jogou de forma agressiva Pré-Flop. Seja agindo em Open raise, ou 3-betando, 4-betando, etc.

Com esses dois conceitos de VPIP e PFR, nós criamos uma correlação sobre o perfil PF do vilão: 

TIGHT AGRESSIVO: Joga poucas mãos PF, mas quando o faz, a maioria delas é de forma agressiva. Open raises ou 3-bets / 4-bets…

Exemplo: 16/14. (16vpip / 14pfr) Ou seja, o vilão participa da ação Pré-Flop 16% das vezes que você possui mãos dele. E dessas 16%, 14% foi com agressão. Ou seja, das poucas mãos que o vilão se envolveu PF, 87,5% das vezes ele jogou de maneira agressiva.

Algumas considerações sobre esse perfil: um jogador decente, sólido e com uma boa visão do game, que dificilmente se envolve com mãos especulativas. Portanto, não devemos nos envolver com um range mais aberto que o normal contra esses jogadores, principalmente em estágios iniciais! A taxa de steal e 3-bet irá determinar melhor um perfil completo desse vilão, e iremos falar disso mais tarde!

Em final game, onde os blinds já estão bem caros, e o pote Pré-Flop já representa muita ficha para os stacks presentes nesta fase, é difícil acreditar que um jogador Tight Agressivo iria jogar de forma passiva PF, não é verdade? Com um efetivo de 15bb’s, e o pote já representando uma alta % desse stack, porque um jogador Tight Agressivo entraria de limp? Esta é a hora ideal para ele aplicar seu perfil e acumular fichas sem showdown através de steals ou re-stals, com raises ou shoves… Então muito cuidado com limps desses jogadores em retas finais de SNG turbo, com esses stacks. Normalmente, será trap de AA ou KK.

LOOSE AGRESSIVO: Joga muitas mãos PF, e a maioria delas, de maneira agressiva! Ex: 38/34. Ou seja, esse jogador se envolveu PF 38% das mãos que você possui dele. Uma % bem alta de ação Pré-Flop, e dessas 38% das vezes, 34% foi jogando de maneira agressiva! Então, das muitas mãos que este vilão se envolveu PF, ele foi agressivo 89,5% das vezes! Normalmente estas stats vem acompanhadas de uma alta taxa de steal e 3-bet.

Algumas considerações sobre esse perfil: Interpreto esse jogador como um vilão que abre uma % bem alta do range, sem muito se preocupar com as posições. Dificilmente será um regular bom.

Em fases iniciais de SNG, pague com um range maior do que você pagaria normalmente em posição contra open raises desses jogadores, isso tende a ser uma linha boa! Normalmente esses jogadores também terão uma alta taxa de 3-bet, então jogar de forma agressiva contra eles com um range mais amplo, a fim de ir all-in pré-flop, é bem ok! Então, onde nós somente jogaríamos de maneira agressiva em estágios iniciais com QQ+AK… J

ogar dessa maneira com JJ+,AQs+ é interessante, considerando que o range de agressividade Pré-Flop desses jogadores é alto! Em fases intermediarias e finais, aumentar a agressividade PF contra open raises desses vilões em posições finais! Com efetivos de 12 a 20bb’s, re-stal all-in contra esses jogadores é uma jogada bem interessante, porque eles abrem muito, portanto, você possui uma boa fold equity com seu shove, e a sua equidade contra o range de call de um vilão com VPIP alto também sobe, considerando que seu range de call é um pouco maior também. Em 10bb’s-, dê call mais light no shove desses jogadores! É realista presumir que eles vão shovar com o mesmo range que nós, ou até maior! É importante também evitar roubar blinds, pois a chance de você tomar call ou re-shove light é maior!

TIGHT PASSIVO: Joga poucas mãos PF, e quando joga, a maioria delas é de forma passiva, ou seja, com open limps, completando limps ou pagando raises.

Exemplo: 11/4. Este jogador joga apenas 11% das mãos que recebe PF, sendo agressivo somente em 4%. Então ele joga pra frente PF somente 36% das poucas vezes. Normalmente vem acompanhada de uma baixa taxa de steal e 3-bet.

Algumas considerações sobre esse perfil: Em geral, o range de flat call desses vilões é forte, portanto, não é muito interessante dar cbet por blefe contra esses vilões! O range de open raise se torna ainda MUITO mais forte, então evite pagar com algo fora de 22+,AQo+ (PP’s baixos e médios por set value) em fases iniciais, e sendo agressivo PF somente com o range premium, como QQ+,AK. O range de limp desses jogadores não é tão fraco, então evite puni-los. Em fases finais de SNG, explore a passividade deles. Portanto, se houver um vilão com essas stats no SB ou BB, seja agressivo sempre em posições finais, com raises ou shoves (dependendo do stack efetivo)! Sua fold equity em cima desses jogadores é alta, pois o range PF q eles jogam é baixo!

LOOSE PASSIVO: Joga muitas mãos PF, sendo a maioria de forma passiva! Linhas como Limp/Call, Limp/Fold e Flat calls são bem comuns nessas stats!

Exemplo: 45/10. Este jogador joga uma alta taxa de 45% das mãos q recebe PF, sendo agressivo somente 10%. Ou seja, 22% das vezes! Normalmente vem acompanhada de uma baixa taxa de steal e 3-bet.

Algumas considerações sobre esse perfil: Esses jogadores na grande maioria das vezes serão fishes com grande potencial de fazer besteira, portanto devemos explorar sua existência. Em fases iniciais de SNG, esses jogadores darão limp/call/fold to cbet com uma frequência absurda. Então punir seus limps em posição com um range de broadways, Ases, etc é interessante! Se acertar um bom valor no flop, aposte em todas as streets, porque eles são fracos e se atolam com muitos valores medianos. Em fases intermediarias e finais, puna o limp desses jogadores através de shoves. Eles darão limp/fold com uma grande frequência! É muito comum eles darem limp/fold com stacks de 9bb’s a 15bb’s, que é um efetivo onde podemos facilmente puni-los através de shoves com um range mais amplo! Nosso retorno em fichas sem showdown é enorme, já que eles entram de limp com um range altíssimo do baralho, e foldariam grande parte dele! 

Considero que até 10% de PFR, o vilão é bem tight, então tendo a dar muito respeito a Open raises desses vilões, portanto, utilizo a cor vermelha.

De 10 a 30%, considero uma taxa intermediaria de agressividade PF, utilizo o laranja.

Acima de 30%, considero o vilão bem aggro! Utilizo a cor verde.

STEAL:

Holdem Manager

O conceito de %Steal é baseado na % de vezes que o vilão agiu de forma agressiva, em gap, para roubar os blinds em posições finais, ou seja, considera-se a frequência de open raises da posição HJ pra frente!

Abaixo de 30%, considero que o vilão é bem nit. É uma % muito baixa para um jogo onde o roubo de blinds da fase intermediaria pra frente se torna essencial… Essa taxa virá acompanhada principalmente de jogadores Tight passivos e Loose passivos. Shoves e raises vindo de players com -30% de steal devem ser interpretados com mais respeito, po tanto evite responder os open raises com re-steal all-in, e os shoves com calls. Contra esses stats, se restrinja a valores um pouco melhores! Deixo de vermelho! 

De 30 a 40% de steal, considero uma faixa intermediária! Já existem bons regs com essa taxa de steal, e você a encontrará em jogadores Tight Agressivos e Loose Agressivos! Então, responda com Resteal all in os open raises de 12bb’s a 20bb’s com boa frequência e equidade razoável! O range de open raise é alto, e esperamos ter uma boa fold equity que justifique um shove do hero com um range mais amplo! Calls mais lights são ok, quando consideramos um range light de shoves de posições finais com efetivos de -11bb’s! Deixo de Laranja!

Acima de 40% de steal já considero o vilão bem solto para roubo de blinds! A maioria dos bons regs de SNG vão ter essa %! Essa taxa certamente será acompanhada de jogadores Tight Agressivos e Loose Agressivos, focados e não deixar passar gaps em posições de roubo! Seu range de resteal all-in e call em shoves precisa ser bem mais light, sua Fold Equity é imensa contra esses jogadores abrindo mini-raises em posições de roubo, com stacks entre 12bb’s e 20bb’s, e você precisa explorar isso através de 3-bet shoves mais lights! A lógica persiste em shoves desses jogadores com essa stat, com -12bb’s, é razoável acreditar que esse vilão está shovando o mesmo range que nós shovaríamos! Um range bem light, e correto! Então admitir um range de call bem light, próximo do inexplorável, é ok! Deixo de Verde!

Obs: Se houver um vilão Tight Agressivo com Stats: 16/14/51. (VPIP / PFR / STEAL) E um vilão Loose Agressivo, con stats 39/35/51… É melhor responder os steals do Tight Agressivo com resteal all-in! Ele possui um range parecido de steal, comparado ao Loose Agressivo, porém, com menor VPIP, e isso nos faz crer que ele foldará com maior frequência. 

Existe outra stat que nos auxilia a determinar nossa FE do resteal all-in no grind, que é o Fold to 3-bet! % de vezes que o vilão abre, e folda pra uma volta! 

3-BET:

Holdem Manager

A % de 3-bet consiste na frequência que o vilão faz 3-bet em um open raise PF, de qualquer posição. Conta-se o 3-bet como qualquer tamanho, seja mini-3bet ou 3-bet shove.

Até 5.9%, considero o vilão bem tight com relação às 3-bets. Na grande maioria das vezes, será um range premium em estágios iniciais e um range bem defendido em estágios intermediários e finais. Essa stat você vai encontrar com mais frequência em jogadores Tight Passivos e Loose Passivos. Contra essa % de 3-bet, comparado a provável baixa taxa de PFR, é razoável acreditar que o vilão, ao 3-betar, tem um range forte o suficiente para você responder com uma parcela bem tight do seu range de open raise! Em contrapartida, é bem lucrativo fazer open raises em blinds de vilões com essa stat, já que eles só vão responder com uma parcela mínima do range, fazendo com que você roube o blind numa frequência grande o suficiente para você abrir ou shovar, depende do efetivo, com qualquer carta em posições de roubo! Deixo de vermelho!

De 5.9 a 9.1%, interpreto como um vilão padrão que tende a 3-betar mais light open raises de posições finais, em efetivos de fases intermediarias, e mantendo um range bem tight de 3-bet em estágios iniciais de SNG e em open raises de posições inicias em fases intermediarias/finais. Em geral, encontraremos essas stats em jogadores Tight Agressivos. Portanto, devemos sempre interpretar a força do nosso open raise, e pensar como o vilão: Esse seria um spot interessante para me 3-betar shove com um range mais amplo? O vilão pode acreditar que tem uma boa fold equity com meu open raise, com esses efetivos, desta posição? As respostas destas perguntas vão determinar sua resposta contra 3-bets de vilões com stats como essa! Deixo de laranja!

Acima de 9.1%, admito que o vilão é bem agressivo, e escolhe um range bem amplo para acelerar Pré-Flop. Essa stat normalmente será acompanhada de um jogador Loose Agressivo e em menor frequência de um jogador Tight Agressivo. Contra esses jogadores devemos ter uma certa sensibilidade.

Devemos sempre admitir que, contra open raises de posições de roubo, com tamanhos entre 12bb’s em 21bb’s, esses vilões vão shovar com uma frequência enorme! Isso nos faz responder essa ação, e dar call com um range alto do open raise! O range de open raise contra esses vilões nos blinds não deve ser alto! A grande frequência de resteals all-in que iremos tomar faz com que não seja interessante abrir um range light! Abrir um range próximo do que estamos dispostos a pagar o shove é interessante.

Percebam que com mãos de equidade, como A8s+, KJo+,66+, se for roubar os blinds com efetivo de 11bb’s até 21bb’s contra um vilão agressivo como esse, a melhor linha sem duvidas é open mini-raise/call! O motivo é que o vilão irá shovar um range bem mais amplo do que ele daria call direto no seu shove, por acreditar que tem uma boa FE contra você! Às vezes jogadores como esse shovam com qualquer mão nessas situações, e você consegue ir a showdown com uma equidade bem melhor! Deixo de verde.

TOTAL HANDS:

Holdem Manager

Total Hands consiste no numero de mãos que você possui em sua base de dados do HM! Essa stat não só é necessária como é a mais importante! O número de mãos que você possui é justamente o que vai determinar a fidelidade dos dados que você tem nas outras estatísticas! Quanto maior a amostragem, mais próximo do verdadeiro perfil do vilão você chega!

Abaixo de 50 mãos, apesar de você já possuir stats, eu praticamente as desconsidero! É uma amostragem muito baixa para terminar o verdadeiro perfil do vilão, e seguir essas stats nos faria ter uma visão corrompida sobre o nosso adversário e, consequentemente sobre o spot! Contra vilões com esse número de mãos, se não houver anotações, o ideal é assumir que ele seja um vilão padrão.

De 50 a 75 mãos, já considero uma base de dados boa o suficiente pra ler os stats, mas só vou considerá-las para meus moves em spots bem closes!

Acima de 75 mãos, já considero uma boa base de dados, onde o herói pode adequar seus moves de acordo com as stats do vilão!

—-

Essas são as estatísticas que uso, como os configuro e os interpreto! É claro que isso é pessoal, e é bem ok cada um configurar da maneira que acredita ser mais viável… A regra é saber interpretar! Lembrando sempre que as stats nos auxiliam em spots mais closes, ou seja, não são a chave do sucesso! Mas utilizando de maneira equilibrada, sem duvidas será uma ferramenta que vai te ajudar a obter bons resultados!

 

Lucas Breda Koscky é instrutor do Time MaisEV.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker